Brasil x Alemanha: conheça a casa da arquiteta Liv em Dusseldorf e ainda 3 diferenças entre alugar aqui e lá

Morar de aluguel é a mesma coisa em qualquer parte do mundo, certo? Você aluga uma casa, coloca seus móveis, paga o seu aluguel todo mês e assim a vida segue. Errado! Viver em outro pais implica diversas mudanças e diferenças culturais, até mesmo algumas que nunca passaram pela nossa cabeça. E isso não foi diferente com a arquiteta Liv Chagas, o marido e cachorrinho o Buda quando mudaram do Brasil para a Alemanha há cerca de 3 anos.

Ao fundo móvel da Ikea com design super funcional. Foto: Liv Chagas.

Ao chegar lá levando apenas um tapete do Brasil,  eles decoraram a casa como a maioria dos estrangeiros que vai para a Europa faz: usando a loja Ikea – uma gigante no mundo todo, que tem como objetivo vender objetos de casa com design interessante e ótimo custo-benefício. “A Ikea é a loja dos imigrantes e as casas dos estrangeiros aqui são quase como um catálogo da loja”, conta Liv rindo.

A arquiteta, que sempre morou de aluguel, mesmo comprando muitas coisas na mesma loja que todo mundo, ainda assim conseguiu deixar o espaço com a cara da família, super aconchegante e com uma pegada escandinava – o que é quase impossível fugir ao comprar na Ikea, que nasceu na Suécia um dos berços desse movimento da decoração.

O móvel colorido foi escolha do marido, já que Liv prefere tons mais claros. Foto: Liv Chagas.

“Por ser arquiteta, eu tenho esse entendimento sobre o layout de uma casa e acredito que é isso que diferencia o espaço pensado por um leigo e por um profissional” explica Liv. No apartamento é possível ver isso muito bem: um mesmo ambiente que se transformou em sala de TV, jantar, escritório e ainda com hall de entrada, mas sem que parecesse entulhado demais. A mesa de jantar, por exemplo, fica rodeada pelas janelas da casa, já imaginou um café da manhã ali no inverno alemão? Eu sim!

Sala de jantar super iluminada. Foto: Liv Chagas.

Mesmo sem grandes intervenções, eles conseguiram deixar a casa com cara de casa de verdade e isso é tão forte, que mesmo que eu não tenha visitado ela pessoalmente (o que é uma pena!), as fotos da moradora e o bate papo que tivemos deixa isso muito claro. Por mais casas de verdade, no Brasil e fora dele também.

3 diferenças básicas ao alugar uma casa na Alemanha

1. Quem manda aqui sou eu – assinado, o proprietário

No Brasil, nós temos uma oferta grande de imóveis para alugar e somos nós, os inquilinos, que escolhemos onde vamos morar, certo? Por lá, não. É o proprietário que decide para quem vai alugar a casa, justamente por essa diferença entre oferta e demanda, o número de pessoas querendo alugar é grande enquanto o número de imóveis é menor, assim o proprietário tem a possibilidade de dizer sim ou não para você, seja porque achou seu salário baixo, porque você é estrangeiro ou simplesmente porque não foi com a sua cara.

Você precisa fazer um cadastro com todos os seus dados e, caso seja aprovado, pode ir conhecer o imóvel – junto com todas as outras pessoas que também passaram na avaliação do cadastro. Sim, você só conhece o lugar se o seu cadastro for aprovado primeiro, o que não garante que o proprietário vai querer você como inquilino. Quase um vestibular do alugado, não é mesmo?

2. Do jeito que dá

Por conta dessa oferta baixa de imóveis você não mora onde quer, mas onde consegue. Por isso morar em um lugar afastado não quer dizer morar mal, pelo contrário. Já a decoração fica um pouco limitada, em geral os proprietários não permitem muitos furos e pinturas nas paredes, assim a decoração fica por conta dos móveis, objetos decorativos e da iluminação mesmo.

3. Se mudar é muito caro!

Essa casa da Liv que vocês estão conhecendo hoje, já não existe mais. No meio tempo entre a entrevista e a publicação da matéria, ela e a família mudaram de cidade e segundo ela isso não é nada barato na Alemanha. Por isso eles optaram por vender grande parte dos móveis que tinham e comprar outros para a casa nova, acredite isso sai mais barato do que colocar tudo em um caminhão de mudança. E eu já estou ansiosa para ver a decoração do novo alugado!

Confira mais algumas fotos enviadas pela Liv
previous arrow
next arrow
Slider