Já falamos em mudança nas paredes, guia de decoração rápido, mas ainda não falamos sobre algo que muitas vezes é motivo de angústia diária dentro da nossa casa: o piso!

É difícil fazer algo no piso que seja interessante, bonito e por um preço ok, principalmente porque muitas opções envolvem obra. A gente acaba perdendo as esperanças, maaas sempre existe uma possibilidade que a gente não pensou e é isso que vamos te mostrar hoje!

Tapetes: use sem medo!

No escritório da musa @carolburgo dá pra ver o piso bem tradicional que a gente encontra em apê de aluguel, mas o tapete ameniza tudo e conversa super bem com o contexto do espaço.


A primeira dica, mais rápida, mais barata, menos trabalhosa e mais acessível é sem dúvidas apostar em tapetes. Muito além de cobrir o piso, o tapete é um item decorativo que traz textura e calor para o espaço e ainda cumpre uma função que eu amo, uso e abuso em projetos: o enquadramento! Ele delimita espaços e amarra tudo em um só. Por exemplo: na sala de casa, quando existe um tapete unindo o sofá, as poltronas, a mesa de centro e ainda as mesinhas laterais, você sabe exatamente que ali é a sala. Quando não tem, tudo pode ficar um pouco solto, ainda mais em espaços amplos.

Já se convenceu a comprar um tapete? Que tal comprar mais de um? Sobreposição de tapetes é super possível, te dá a opção de brincar com as texturas e ainda te livra de comprar um único gigantesco, o que costuma ser mais caro.

Fonte: Etsy

Infelizmente muita gente não gosta de tapete por motivos de bichanos, saúde, manutenção e afins, por isso existem algumas outras opções que podem ser interessantes também. Vamos a elas?

Piso laminado: negocie com o proprietário!

Fonte: Casa e Jardim

O piso laminado é uma ótima opção para quem tem problema com os tapetes, ele é o que chamamos de piso flutuante, pois não precisa ser colado no chão. Logo, você não destrói o piso existente e ainda pode ser levado quando você sair, o que deveria ser uma vantagem, mas no final das contas não é tão prático assim, por isso negocie com o proprietário: você instala, ele desconta do aluguel e no final você morou em uma casa com o piso que queria e o proprietário “ganha”um piso novinho e bonito no imóvel!

Questões como a manutenção precisam ser levadas em conta também, pois ele não pode receber muita água durante a limpeza, por causa da sua camadinha de mdf na composição, ele incha e vira um terror. E os rodapés também precisam ser pensados, eles encarecem um pouco o orçamento e se você quiser colocar na casa toda, a metragem é maior e pode ficar ainda mais caro. Em compensação, esse tipo de piso é aconchegante, atemporal e super bonito né? Ah, e você ainda pode brincar com a paginação!

Decks: leve-os com você!

Fonte: @villa.snowwrite

Se o caso for o piso da sua área externa, nada melhor do que os decks! Existe uma infinidade de modelos no mercado, inclusive aqueles que são chamados de ecowood, que imita super bem a madeira. É uma ótima opção e os preços variam de acordo com o modelo e tamanho escolhido, além disso podem ser cortados e o resultado pode ficar incrível.

Você encontra opções prontas em lojas online e o tamanho, em geral, é de 30×30 cm. São pequenas placas e você pode encaixá-las, a média de preço é de R$ 10/peça.

Vinílicos: pode molhar sim!

Fonte: Elo7

Ana, mas e as áreas molhadas? Não existe solução pra elas? E eu te digo que siiim! Algumas empresas vendem vinílicos colantes com estampas que imitam um azulejo ou ladrilho, o que é super legal, né? Mas para eles ficarem minimamente legais, o piso precisa estar nivelado. Uma boa opção é só colocar por cima do seu piso atual e tirar sempre que precisar limpar o espaço. Assim ele não acumula nenhum tipo de sujeira e se enjoar, é só tirar!

Fonte: @domaarquitetura. Não deixe de ver esse vídeo mostrando o resultado com um piso como esse!

As possibilidades para quem mora de aluguel são, de fato, mais limitadas e exigem dos inquilinos algum malabarismo e criatividade na hora de pensar na sua casa, mas não são impossíveis e a vontade de ver tudo bonito deve ser maior que a preguiça de fazer!

Caso o piso do seu apê esteja danificado ou em más condições de forma que a única solução seja a troca ou alguma manutenção técnica é interessante contatar a imobiliária ou o proprietário, afinal existem questões que realmente só uma boa reforma podem solucionar.

Mão na massa, já?

Abraço grande,

Ana.